quinta-feira, 23 de abril de 2015

EBSERH retifica os três editais para o concurso do HU - UFJF


Outras alterações já foram aplicadas a esse certame e, para conhecê-las em detalhes, consulte os documentos disponíveis no site
da organizadora.

Das 1.232 oportunidades anunciadas, 285 são específicas para a área médica, 818 para a área assistencial e 129 para a área
administrativa e estão distribuídas em três diferentes editais, tendo reserva para candidatos negros e com necessidades especiais.

No edital 02/2015 as 285 vagas estão distribuídas entre os cargos de Médicos nas especialidades de Anestesiologia,
Cancerologia Cirúrgica, Clínica e Pediátrica, Cardiologia, Eletrofisiologia Clínica Invasiva e Pediátrica, Cirurgia Cardiovascular,
Crânio Maxilofacial, da Mão, Cabeça e Pescoço, Aparelho Digestivo, Geral, Pediátrica, Plástica, Torácica e Vascular, Clínica
Médica, Coloproctologia, Dermatologia, Ecocardiografia, Endocrinologia e Metabologia, Endoscopia Digestiva,
Gastroenterologia, Gastroenterologia Pediátrica, Geriatria, Ginecologia e Obstetrícia, Hematologia e Hemoterapia,
Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista, Hepatologia, Infectologia, Mastologia, Medicina do Trabalho, Intensiva,
Intensiva Pediátrica e Paliativa, Nefrologia, Nefrologia Pediátrica, Neonatologia, Neurocirurgia, Neurologia, Neurologia
Pediátrica, Neurorradiologia, Nutrologia, Oftalmologia, Ortopedia e Traumatologia, Otorrinolaringologia, Patologia, Pediatria,
Pneumologia, Pneumologia Pediátrica, Psiquiatria, Psiquiatria da Infância e Adolescência, Radiologia e Diagnóstico por
Imagem, Radiologia Intervencionista e Angiorradiologia, Radioterapia, Reumatologia, Transplante de Medula Óssea,
Ultrassonografia em Ginecologia e Obstetrícia e de Urologia.

Já o certame 03/2015 traz oportunidades para cargos da área assistencial, nas funções abaixo:

Nível Médio/ Técnico: Técnicos em Análise Clínica (15), Citopatologia (3), Enfermagem (399), Enfermagem - Saúde do
Trabalhador (1), Farmácia (30), Necropsia (2), Óptica (1), Radiologia (16), Radiologia - Radioterapia (2) e em Saúde Bucal (8).
Nível Superior: Assistente Social (4), Biólogo (1), Biomédico (3), Cirurgião-dentista (2), Cirurgião-dentista para as áreas de
Cirurgia e Traumatologia Buco Maxilofacial (5), Endodontia (1), Ortodontia (2), Periodontia (1), Prótese Dentária (1),
Imaginologia Dento Maxilofacial (1) e Dentística (1), Enfermeiro (151), Enfermeiro das áreas de Cardiologia (1), Cardiologia -
Hemodinâmica (1), Cardiologia - Perfusionista (1), Nefrologia (1), Oncologia (8), Saúde da Criança e do Adolescente -
Neonatologia (2), Saúde da Mulher - Obstetrícia (30), Saúde do Trabalhador (1), Saúde Mental ( 7), Terapia Intensiva (3) e
Vigilância (3), Farmacêutico (30), Físico - Física Médica das áreas de Radiodiagnóstico (1) e Radioterapia (1), Fisioterapeuta
(35), Fisioterapeuta das áreas Respiratória (2), Terapia Intensiva - Adulto (5), Terapia Intensiva - Neonatal (2) e Pediátrica (1),
Fonoaudiólogo (6), Nutricionista (8), Pedagogo (1), Profissional de Educação Física (1), Psicólogo das áreas Hospitalar (8) e
Organizacional (1), Tecnólogo em Radiologia (1) e Radiologia - Radioterapia (1) e Terapeuta Ocupacional (5).
E por fim, o edital 04/2015 traz 129 vagas que visam atender aos cargos de Assistente Administrativo (95), Técnicos em
Segurança do Trabalho (5), Informática (3) e em Contabilidade (5), Advogado (2), Analista Administrativo nas áreas de
Administração (2), Biblioteconomia (1), Contabilidade (2), Economia (1), Estatística (1) e Relações Públicas (1), Analista de
Tecnologia da Informação para as áreas de Processos (2), Suporte de Redes (2) e Telecomunicações (1), Engenheiros Civil (1),
Clínico (2), de Segurança do Trabalho (1), Elétrica (1) e Mecânica (1).

De modo geral os salários variam de R$ 1.730,25 a R$ 8.252,10, com jornadas de trabalho de 24h a 40h semanais e contratos em
regime celetista.

Para concorrer é preciso ter formação em níveis médio/ técnico e superior, de acordo com o caso, e realizar inscrição pelo link
do respectivo edital, disponível em www.institutoaocp.org.br até às 23h59 do dia 29 de abril de 2015.

As taxas são de R$ 60,00, R$ 80,00 ou R$ 120,00 e os interessados também podem comparecer ao posto presencial de inscrições
na Escola Estadual "Duque de Caxias" (avenida Barão do Rio Branco, nº. 3.310, bairro Passos), das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Na data provável de 31 de maio de 2015 será aplicada a prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e
classificatório, na cidade de Juiz de Fora, conforme conteúdo programático dos certames.

Os documentos têm validade de um ano e podem ser estendidos por igual período, se necessário.

terça-feira, 14 de abril de 2015

Concurso da Assembleia - Possíveis Recursos

Caros concurseiros,

Após analisar as questões da prova de Assistente Administrativo do concurso da Assembleia  Legislativa de Goiás, acredito que vocês poderão entrar com recursos em quatro questões que, ao meu entender, estão erradas. São alternativas cuja temática ou está em desacordo com o Edital ou cujo gabarito está em desacordo com o a teoria. Fiz um pequeno roteiro, com as sugestões para os recursos, que está disponível no link abaixo:

minhateca.com.br/profmardemcosta/Recursos+ALEGO

Boa sorte!

Prof. Mardem Costa


Governador determina concurso para preencher 1,5 mil vagas na PM de GO

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), determinou nesta segunda-feira (13) a realização de concurso público para preenchimento de 1,5 mil vagas na Polícia Militar do estado. A data das provas e de quando os concursados devem ser convocados ainda não foram divulgadas. No entanto, em nota, a assessoria de imprensa do governo afirma que “o governador pediu urgência na realização do concurso”.

O anúncio ocorre após o Supremo Tribunal Federal (STF) julgar inconstitucional e determinar a interrupção imediata do Serviço de Interesse Militar Voluntário Especial (Simve). A decisão ocorreu no último dia 26 por nove dos dez atuais ministros. Porém, não havia sido definido quando eles deveriam deixar de atuar, pois a sessão havia sido suspensa. A determinação ocorreu na última quarta-feira (8), quando a medida foi publicada.

Ainda de acordo com a assessoria do governo, Perillo também determinou a contratação de mil servidores administrativos para a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSP). “Com isso, os policiais que estão em atividades internas poderão ser deslocados para o policiamento preventivo e ostensivo nas ruas”, diz a nota.
Segundo o governo, a responsabilidade por elaborar o edital e a contratação da empresa que vai realizar o concurso será da SSP e da Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan).

Na última sexta-feira (10), o governador já havia anunciado que pretendia realizar novo concurso para suprir a falta dos mais de 1,3 mil soldados que atuavam pelo programa. Além disso, Perillo afirmou que, enquanto a seleção não é realizada, policiais militares serão convocados a trabalhar em seus períodos de folga.

Já em relação à convocação de candidatos que prestaram um concurso da PM em 2012 e, apesar de obterem notas qualificadoras, não entraram no número de vagas disponíveis, Perillo sinalizou que vai depender de avaliação da Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás (SSPGO), Procuradoria-Geral e Ministério Público.


Apesar da decisão no STF ser definitiva, Perillo admitiu, na ocasião, que o governo estuda recursos para tornar o programa constitucional. “Uma outra possibilidade é trabalharmos no Congresso Nacional para que uma proposta de emenda à Constituição seja aprovada constitucionalizando essa possibilidade do trabalho voluntário”, disse.