sexta-feira, 24 de março de 2017

Procon Goiás abrirá concurso público com 15 vagas | Salários de R$ 3.200

Conforme já noticiado aqui, a Superintendência de Proteção aos Direitos do Consumidor de Goiás (Procon-GO) vai abrir um novo concurso público em breve.  As vagas serão para fiscal de relações de consumo. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento do Estado de Goiás (Segplan-GO), em publicação no Diário Oficial do Estado. O órgão já publicou a comissão que será responsável pelo certame.
Ainda não foram divulgados mais detalhes oficiais sobre a seleção, porém a previsão é de que o certame vai oferecer 15 vagas com o salário de R$ 3.200 para 40h semanais.  A expectativa é de que a publicação do edital ocorra ainda neste semestre. 

Para fazer o concurso, o candidato deverá ter nível superior em qualquer curso, com diploma reconhecido pelo Ministério da Educação. A comissão será presidida pela superintendente da escola de governo Liliane Morais Batista de Sá, e composta pelos seguintes nomes: Rosânia Nunes Ferreira, João Francisco Alves, Marcos Rosa de Araújo, Maria Auxiliadora Borges Soares, Degmar Mendes Rocha de Souza, Fernando Antônio de Mata, Vinicius Rezende Santos, Weruska de Godoy Costa Silva e Rosângela Marinho de Souza Abrão.
O governador Marconi Perillo (PSDB) já havia autorizado a realização de concurso. De acordo com o secretário de Gestão e Planejamento, Joaquim Mesquita, "essas medidas demonstram o esforço do governo estadual que, mesmo em meio à maior crise econômica da história recente do país, tem conseguido realizar concursos e nomeações".


O Procon faz parte da Secretaria do Estado de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos que tem como objetivo informar, defender e orientar os consumidores e buscar soluções derivadas de conflitos das relações de consumo.

quarta-feira, 22 de março de 2017

OAB-GO divulga edital de concurso para procurador; salário é de R$ 5 mil

A Ordem dos Advogados do Brasil Seção Goiás (OAB-GO) divulgou o edital de concurso para procurador de prerrogativas. Conforme o órgão estão abertas três vagas para o cargo, mas outros 12 devem ficar no cadastro de reservas. As inscrições começam no próximo dia 10 de abril e terminam no dia 10 de maio e  devem ser feitas exclusivamente pelo site do órgão e custam R$ 150.
O valor da remuneração é de R$ 5.000,00 (cinco mil reais), além de auxílio-alimentação de R$ 751,96 (setecentos e cinquenta e um reais e noventa e seis centavos) e auxílio-transporte de R$ 325,60 (trezentos e vinte e cinco reais e sessenta centavos) e 100% dos honorários advocatícios advindos de condenações judiciais. O Regime Jurídico adotado é celetista, com direitos, vantagens, obrigações e atribuições inerentes à legislação pertinente que vier a ser aplicada à autarquia OAB.

O processo seletivo é organizado pela Comissão Extraordinária de Seleção da OAB-GO. O concurso é formado por três etapas, sendo a primeira a prova objetiva, a segunda um teste de questões discursivas e, por fim, um exame oral. As duas primeiras avaliações estão marcadas para o próximo dia 18 de junho.

Passam na primeira fase os candidatos que acertarem, no mínimo, 30% em cada grupo de matérias, ao menos 50% da prova e que estejam até a 100ª posição. Já na segunda etapa, ficam habilitados os 30 primeiros concurseiros que conseguirem ao menos 60% do teste.

Conforme o edital, o teste oral deverá ser agendado para os 30 candidatos mais bem colocados nas provas. A data, local e hora devem ser informados com até 15 dias de antecedência do início do exame.


O trabalho dos aprovados, conforme a OAB-GO, consistirá em defender advogados judicial e extrajudicialmente.

sexta-feira, 17 de março de 2017

Prefeitura de Goiânia convoca 660 aprovados em concurso da Educação

A Prefeitura de Goiânia está convocando os aprovados no concurso público da Educação. A informação foi oficializada com a divulgação do Edital nº 01/2017, realizada nesta quinta-feira (16/3).

No primeiro chamamento, são convocados 660 profissionais, sendo 60 pedagogos, 400 auxiliares de atividades educativas, 150 agentes de apoio educacional e 50 assistentes administrativos educacionais. Clique aqui, confira o edital e saiba mais.

De acordo com a prefeitura, os convocados têm o prazo de 30 dias, contatos a partir da data de publicação do edital no Diário Oficial do Município, para a posse no cargo público. 0 selecionado deve comparecer à Central de Atendimento ao Cidadão (Atende Fácil), localizada no Paço Municipal, após agendamento no site para apresentação da documentação exigida na Lei Orgânica do Município.

O concurso público foi homologado no dia 29 de setembro de 2016 e aprovou candidatos para os cargos de Profissional de Educação II – PE II, Auxiliar de Atividades Educativas, Assistente Administrativo Educacional e Agente de Apoio Educacional.


A Prefeitura de Goiânia informou que inicia a elaboração de um cronograma para os próximos chamamentos dos concursados. As datas, no entanto, ainda não foram definidas.

sexta-feira, 10 de março de 2017

MPU forma comissão organizadora de concurso

O Ministério Público da União (MPU) realizará em breve concurso público para técnico (médio ou médio/técnico) e analista (superior), cargos que contam com remunerações de R$7.260,41 e R$11.345,90, respectivamente. E o primeiro passo para viabilizar o concurso MPU 2017 já foi dado. Nesta quarta-feira, dia 8, foi criada a comissão responsável pelo concurso, cujo titular será o procurador Blal Yassine Dalloul.

Além dele, farão parte da comissão Eloá Junqueira, Denise Recedive, Sandra Oliveira, Tatiane da Silva e Rayza de Paula. Questionada, a Procuradoria-Geral da República (PGR), vinculada ao MPU, confirmou a realização do concurso, acrescentando que novas informações sobre oferta de vagas, especialidades e previsões de escolha da organizadora, bem como de divulgação do edital, ainda serão divulgadas.



Próximo passo será definir a organizadoraA expectativa agora é pelo início dos trabalhos da comissão, o que deverá acontecer nos próximos dias. Essa comissão ficará responsável pela escolha da organizadora, próximo passo, e elaboração do edital. Fontes ligadas ao MPU informaram que a comissão definirá também as especialidades de técnicos e analistas que serão oferecidas no concurso. As fontes reconheceram, porém, que é grande a possibilidade de oferta das funções dos concursos de 2013 - incluindo o técnico administrativo (apenas nível médio) -, cuja validade terminará este ano.

Foram dois editais naquele ano. Um deles, para técnico administrativo (nível médio) e analista de Direito (graduados em Direito), terá a validade expirada em 5 de agosto deste ano, sem possibilidade de prorrogação. Esse concurso contou com 147 vagas, sendo 109 para o nível médio e 38 para o superior. O outro foi para técnicos de tecnologia da informação, enfermagem e saúde bucal (médio/técnico), com validade encerrando em 27 de novembro deste ano, e analista de várias áreas (superior), cuja validade será encerrada em 4 de dezembro.

As áreas do analista foram Arquivologia, Biblioteconomia, Comunicação Social, Educação (Pedagogia), Estatística, Finanças e Controle, Gestão Pública, Planejamento e Orçamento, Medicina, Engenharias, Psicologia, Geografia, Oceanografia, Enfermagem, Odontologia, Serviço Social, Economia e Arquitetura, entre várias outras. Nessa seleção, foram 263 vagas, sendo 226 para nível superior e 37 para médio/técnico. Tradicionalmente, o MPU oferece vagas em todo o país.


Possibilidade de 1.700 contratações

A Lei Orçamentária Anual deste ano prevê a admissão de 681 novos servidores para o MPU, confirmando a existência de orçamento para viabilizar o concurso. Há ainda 1.762 cargos vagos no órgão, que poderão elevar, durante o prazo de validade, o número de aprovados convocados no concurso anunciado. Os dados são do site do MPU. É tradição do órgão realizar muitas contratações. De 2010 a 2013, cerca de 4 mil aprovados em concursos foram chamados para posse no órgão.

Os milhares de interessados já devem iniciar os estudos tendo por base os concursos anteriores mencionados. Nessas seleções, os candidatos foram avaliados por meio de duas provas objetivas, uma de Conhecimentos Básicos (50 questões) e outra de Conhecimentos Específicos (70). Para o analista, houve ainda avaliação discursiva. Confira abaixo as matérias e o programa do concurso de 2013 para o técnico administrativo, de nível médio, destaque da disputa, que deverá ser contemplado novamente, atraindo muitos candidatos.


Vantagens tornam concurso imperdível

Os servidores do MPU têm direito a uma série de benefícios, que tornam o concurso do órgão muito atrativo. São eles auxílio-alimentação de R$884, já somado nas remunerações mencionadas, e assistência pré-escolar de R$699. O regime de contratação é o estatutário, que assegura a estabilidade empregatícia. Para tornar a seleção ainda mais interessante, o MPU já tem reajustes programados. Até 2019, a remuneração do técnico chega a R$8.475,37 e a do analista a R$13.339,30.

sexta-feira, 3 de março de 2017

Estado fará concurso para 200 técnicos fazendários

O secretário estadual de Fazenda, Fernando Navarrete, obteve o aval do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), para realizar concurso ainda neste ano que visa preencher 200 vagas para o cargo de Técnico Fazendário Estadual. A categoria dá apoio ao trabalho do Fisco goiano. O anúncio foi feito no último dia 8 de fevereiro, durante visita de Navarrete à delegacia regional de fiscalização de Anápolis.


Apesar do edital ainda não ter sido fechado pela Secretaria Estadual de Planejamento (Segplan), sabe-se que as vagas serão para a classe 1. De acordo com o plano de salários da categoria, o salário inicial é de R$ 3 mil e pode superar os R$ 15 mil (para um servidor da classe 3). Os interessados, por exigência do certame, deverão ter curso superior completo.

O servidor fazendário fica sujeito à prestação de 40 (quarenta) horas semanais de trabalho, com direito ao descanso semanal mínimo de 24 (vinte quatro) horas consecutivas, sendo facultada a elaboração de escalas de serviços de forma a abranger sábado, domingo ou feriado, em horário diurno ou noturno, conforme o interesse da administração fazendária o exigir.

Para concorrer a uma das oportunidades é necessário possuir curso superior completo em qualquer área. As vagas do concurso SEFAZ GO serão para a classe 1 — cujo salário foi atualizado no ano passado para iniciar por volta de R$ 3 mil, para novos servidores. Com as progressões, é possível chegar a uma remuneração de R$12 mil. Veja a seguir a tabela salarial, que foi reajustada no final do ano passado pela Lei 19.659/2016:

Nesta tabela, a coluna "Somatório do vencimento + AR" corresponde a remuneração dos servidores antigos, antes do novo enquadramento, que agora passa a ser exclusivamente sob a forma do vencimento que pode ser visto na coluna da direita.

Navarrete enviou o pedido de realização do concurso ao Conselho Estadual de Políticas Salariais e Recursos Humanos, presidido pelo titular da Segplan, Joaquim Mesquita.




Segundo o secretário, o governo de Goiás pretende realizar concurso, ainda este ano, para preencher 200 vagas no cargo de técnico fazendário estadual. A previsão é que as vagas sejam para a classe 1, com exigência de ensino superior completo em qualquer área e salário inicial de R$ 15 mil.
Para os interessados, o cargo exige nível superior em qualquer área e paga inicial de R$ 15 mil, mas há casos em que superam os R$ 35 mil (classe 3). O servidor fazendário fica sujeito à prestação de 40 (quarenta) horas semanais de trabalho, com direito ao descanso semanal mínimo de 24 (vinte quatro) horas consecutivas, sendo facultada a elaboração de escalas de serviços de forma a abranger sábado, domingo ou feriado, em horário diurno ou noturno, conforme o interesse da administração fazendária o exigir.
Para concorrer a uma das oportunidades é necessário possuir curso superior completo em qualquer área. As vagas do concurso SEFAZ GO serão para a classe 1 — cujo salário foi atualizado no ano passado para iniciar por volta de R$ 3 mil, para novos servidores. Com as progressões, é possível chegar a uma remuneração de R$12 mil. Veja a seguir a tabela salarial, que foi reajustada no final do ano passado pela Lei 19.659/2016:
Nesta tabela, a coluna "Somatório do vencimento + AR" corresponde a remuneração dos servidores antigos, antes do novo enquadramento, que agora passa a ser exclusivamente sob a forma do vencimento que pode ser visto na coluna da direita.
Navarrete, que já recebeu o aval do governador Marconi Perillo, enviou o pedido de realização do concurso SEFAZ GO ao Conselho Estadual de Políticas Salariais e Recursos Humanos, presidido por Joaquim Mesquita.

Os técnicos fazendários fazem um trabalho de apoio ao Fisco. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais, sendo possibilitada a elaboração de escalas de serviço, em horários diurno e noturno, de acordo com o interesse da administração fazendária.

IGH abre processo seletivo para 76 vagas

O Instituto de Gestão e Humanização (IGH), Organização Social gestora do Hospital Materno Infantil (HMI), do Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia (Huapa) e da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), iniciou processo seletivo para contratação celetista e formação de cadastro reserva para preencher 76 vagas.

Os cargos disponíveis são de Analista de Infraestrutura; Assistente Administrativo; Auxiliar de Farmácia; Auxiliar de Serviços Gerais; Biomédica; Copeira; Enfermeiro; Técnico de Enfermagem; Farmacêutico; Fisioterapeuta; Maqueiro; Médico do Trabalho; Ginecologista; Obstetra; Motorista; Ouvidor; Recepcionista; Técnico em Nutrição e Dietética; Técnico em Análises Clínicas; Telefonista; Analista de Controle Interno; Coordenação de Prestação de Contas; Analista Fiscal; Psicólogo; Coordenação de Unidade de Processamento de Roupas, Serviço de Hotelaria e Lavanderia e Gerenciamento de Resíduos Sólidos; Assistente Social do Trabalho e Psicólogo do Trabalho. 

O edital está disponível no site do IGH, na aba “Transparência”, seguido de “Goiás”. As 76 vagas estão divididas entre as três unidades geridas pelo IGH, conforme descrito no edital de publicação. A carga horária das vagas variam entre 20h e 44h semanais e os salários entre R$ 950 e 7.299,40.

Os interessados deverão se dirigir até a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, localizada na rua 230, Setor Nova Vila, entre os dias 2 e 8 de março, das 8h às 12h, com formulário de inscrição devidamente preenchidos e documentos em mãos, de acordo com o edital. A inscrição é gratuita e o processo seletivo também inclui portadores de necessidades especiais (PNE). Outras informações poderão ser obtidas no telefone (62) 3956-2925.